domingo, 2 de junho de 2013

Trevas




Trevas


nas trevas me encontrava
não sabia onde olhar
mas era uma noite estrelada
onde podia andar
ma que fazer
onde ir ?
só poucas coisas restavam
que me forçavam a lutar
eram as estralas brilhantes
guiando meu caminhar
mas então você veio
e dia a noite tornou
aqueceu meu frio
e o amor me ensinou
meu mundo triste alegrou 
e me levou mais alem
mas oque é bom dura pouco 
e então você sumiu
me deixando cego e louco
pois minhas estrelas 
levou

Anderson Lubar

Nenhum comentário:

Postar um comentário