quarta-feira, 22 de junho de 2011

a ultima balada de amor



Ultima balada de amor

olhando a lua me ponho a pensar
naquele momento lindo
em que contigo vou estar

retorno ao meu mundo
e sinto ao acordar
dores tão profundas
de laminas a me rasgar

me lembro de quando
estávamos juntos
em nosso ninho de amor
felizes a nos beijar

lembrança frágil e bela
de nosso lindo lugar
até uma sina terrível
vir e nos separar

hoje no leito de morte
só posso desejar
que antes de partir desse mundo
outra vez possa lhe beijar

André Lubar



Nenhum comentário:

Postar um comentário